EMV 3-D Secure 2.2.0

EMV 3-D Secure 2.2.0 – Mais segurança, lucratividade e melhor experiência do usuário.

O ecossistema de pagamentos de hoje precisa de um protocolo mais robusto e mais eficiente de autenticação do titular do cartão, contribuindo com uma melhor experiência digital enquanto reduz fraudes, fricção e falsos declínios. O EMV 3-D Secure 2.2.0 atende a essas necessidades.

Apenas no 1º trimestre de 2022,  os brasileiros movimentaram R$ 162,4 bilhões no mercado de e-commerce, um crescimento de 35,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

À medida que os pagamentos digitais evoluem para atender às demandas dos consumidores, a tecnologia de fraude digital criada para manter esses pagamentos seguros também se desenvolve.

A evolução do protocolo EMV 3-D Secure – 1.0, 2.0 e 2.2.0

Em 2001 o protocolo 3DS 1.0 foi implementado para fornecer mais autenticação de portadores de cartão que fazem compras pela internet. Antes, a transação direcionava o usuário para a página do banco, o que impactava negativamente a experiência do usuário.

Em 2016, foi feita uma revisão do protocolo e surgiu o 3DS 2.0 com o objetivo de fornecer uma experiência de uso mais agradável. A versão introduziu a autenticação baseada em risco, eliminando boa parte do atrito existente na versão anterior. Nas transações 3D Secure 2.0, comerciantes e emissores compartilham 10 vezes mais dados, dando aos emissores confiança para tomar melhores decisões, gerando uma maior taxa de autenticação sem necessidade de desafio. Se o emissor do cartão decide que a informação providenciada é suficiente para uma autenticação silenciosa, a transação pode ser autorizada sem nenhum outro passo.

Para oferecer ainda mais recursos para a versão 3-D Secure 2.2.0, foram inseridos:

Autenticação Desacoplada: permite a autenticação do titular do cartão inclusive se o mesmo não estiver interagindo diretamente com o estabelecimento comercial, por exemplo, na renovação automática de assinaturas. 

Lista de Permissões: permite que o estabelecimento seja incluído em um banco de dados para que, quando o titular do cartão retornar ao estabelecimento, isto seja considerado na análise de risco.

Quais os principais benefícios da solução? 

De modo geral, o protocolo EMV 3D-Secure oferece diversos benefícios para todos os agentes:

  • aumenta segurança e-commerce;
  • aumento das taxas de autorização;
  • redução de fraude de cartão ausente (CNP);
  • redução do atrito na experiência de check-out do cliente;
  • se aplica a diferentes plataformas e canais digitais;
  • protege os comerciantes da exposição a estornos relacionados à fraude.

Principais benefícios para emissores de cartões:

  • autenticação baseada em risco (RBA): mais e melhores dados envolvidos no processo de tomada de decisão, gerando menos fraude em transações CNP;
  • mais transações aprovadas;
  • aumento da confiança do consumidor.

Principais benefícios para comerciantes:

  • reduz o abandono da compra;
  • check-out sem atrito;
  • menos falsas recusas.

Principais benefícios para os clientes:

  • experiência de usuário/check-out aperfeiçoado;
  • autenticação mais fácil;
  • mais confiança em cada transação.

Como funciona o processo de autenticação do EMV 3-D Secure 2.2.0?

1- O titular do cartão insere as informações.

2 – O provedor de serviços 3-D Secure do comerciante envia uma mensagem com dados da transação ao emissor do cartão, através de uma solicitação de autenticação da compra.

3 – O provedor de serviços 3-D Secure do emissor auxilia na decisão da autenticação, de acordo com o risco envolvido na transação. Como por exemplo, solicitar uma senha única de compra ou adoção de outros métodos de autenticação conforme necessidade do emissor.

Avaliação de risco:

Alto risco: requer uma verificação adicional do cliente.

Baixo risco: não requer uma verificação adicional do cliente.

4 -O emissor envia o resultado da autenticação para o comerciante.

5 – O comerciante envia a transação para autorização com um sinalizador que indica o resultado.

Muito além da segurança nas transações digitais

Desenvolvido para reduzir fraudes, a solução ACS da HST, certificada EMV 3D-Secure 2.0 e versões superiores, gerenciam a autenticação do titular do cartão para o emissor em compras e-commerce e promovem benefícios que vão muito além da segurança das transações digitais.

Outro atrativos para adoção do EMV 3D-Secure são as reduções de chargeback e taxas de interchange, pois resultam em mais segurança nas operações e consequentemente mais lucro, reduzindo os riscos de estornos e os custos relacionados a fraudes em compras com cartão não presente.

Outros benefícios são:

  • aumenta as taxas de autorização;
  • diminui em 70% as taxas de abandono do carrinho;
  • diminui em 85% o tempo de finalização de compra;
  • promove verificação adicional para compras de alto risco;
  • realiza transação em todos os dispositivos;
  • contribui com a experiência do usuário;

Implemente uma tecnologia de ponta – Conheça a solução ACS (Access Control Server) compatível com EMV 3-D Secure 2.2.0

A nossa solução ACS (Access Control Server) gerencia a autenticação do titular do cartão para o emissor e é compatível com EMV 3-D Secure 2.2.0. 

Os diferenciais da nossa solução ACS:

  • Controla a sessão de autenticação do titular do cartão.

  • Gera respostas para o domínio de interoperabilidade.

  • Armazena solicitações de autenticação e resultados associados.

O servidor de controle de acesso HST é certificado pela Mastercard ID Check, Visa Secure 3DS, PCI 3DS e EMV 3-D Secure 2.2.0. O HST ACS permite diferentes métodos de autenticação, como OTP e SMS. 

Quer saber como implementar a solução para o seu negócio? Entre em contato com nossos consultores: https://www.hst.com.br/pt-br/contato/